Área Educacional

Voltar

Voltar aos artigos

Avançar

O TESTE DO FORNO E FOGÃO COMPROVA: ADOÇANTES TIPO SUCRALOSE NÃO ALTERAM O SABOR DA SUA SOBREMESA

Postado em Sabor

Hoje em dia, é possível encontrar a palavra sucralose em muitos rótulos e artigos sobre alimentação e vida saudável. Mas afinal, o que ela significa? Muito menos complexo do que possa parecer, a sucralose é o único adoçante derivado do açúcar, utilizado em todo o mundo em alimentos e bebidas com baixas calorias.

Mais de cem estudos, feitos ao logo de vinte anos, comprovam que ela é segura, não é cancerígena e, além disso, não é metabolizada pelo organismo. Ou seja, pode ser consumida por crianças, gestantes e também por diabéticos. Sem restrições alimentares quando consumida com moderação (a IDA – Ingestão Diária Aceitável, para a sucralose estabelecida pelo U.S. Food and Drug Administration, é de 15mg/Kg de peso do indivíduo, por dia), a sucralose sozinha, não tem nenhuma caloria. E melhor ainda: também não tem sabor residual.

Mas, apesar de muito bem vinda na hora de adoçar um suco ou cafezinho, o seu grande diferencial é no preparo de receitas. A sucralose não perde a semelhança com o açúcar nem quando exposta a temperaturas elevadas. Dessa forma, sobremesas cozidas ou assadas, mantém a doçura e o sabor, como se tivessem sido feitas com açúcar. Um grande alívio para quem adora doces e não quer abrir mão desse prazer.

Para acertar no preparo, a dica é seguir as receitas elaboradas especialmente com esse tipo de ingrediente. Diferente do açúcar light, que traz sacarose na composição – o que ajuda a manter a estrutura, a textura e a cor, a sucralose só pode substituir o açúcar refinado (ajustando as medidas) quando o seu papel na receita for apenas o de adoçar como, por exemplo, nos cremes. As demais receitas, devem ser adaptadas para que se consiga um bom resultado final. Confira algumas delas, feitas com União Diet Sucralose, em nossa página de receitas.